Doenças oculares

Córnea

 

ceratOcone

Ceratocone é uma doença da córnea tipo ectasia, na qual a córnea aumenta sua curvatura de forma irregular.

Normalmente a córnea tem o formato oval, e no ceratocone, com o aumento irregular da curvatura, a córnea assume o formato de cone.

A Doença é bilateral, na maioria das vezes assimétrica e pode surgir no final da infância, na adolescência ou no início da idade adulta. Tem caráter progressivo, geralmente até os 30 a 35 anos de idade, quando ocorre uma estabilização natural.

O ceratocone é indolor e não inflamatório, ou seja, não dói e não deixa o olho vermelho e está associado ao hábito de coçar os olhos causado pela alergia ocular.

Decorre de um processo de falência biomecânica corneana que cursa com afinamento e protusão central ou para-central , em consequência da alergia ocular e o hábito de coçar os olhos com freqüência e defatores genéticos/hereditários.

O principal sintoma é o embaçamento e distorção da visão causados pelo astigmatismo irregular e miopia, que progridem com a evolução da doença, sendo necessária trocas freqüentes de óculos. Nos casos iniciais da doença o paciente pode ser assintomático.

Com a piora da doença, o óculos torna-se incapaz de melhorar a visão do paciente e torna-se necessário o uso de lentes de contato especiais para ceratocone.


DIAGNÓSTICO


O diagnóstico baseia-se no exame oftalmológico completo e exames complementares da córnea como a topografia de córnea, paquimetria ultrassônica e tomografia de córnea, dentre outros menos importantes.


TRATAMENTO


O tratamento é feito de acordo com o estágio da doença e com características gerais de cada paciente. O objetivo principal é reestabelecer a visão. Não coçar os olhos e tratar a alergia com colírios antialérgicos são fundamentais para o sucesso do tratamento.

Nas fases iniciais, a prescrição de óculos restabelece a visão do paciente de forma eficiente e em fase mais avançadas é necessário o uso de lentes de contato especiais para promover boa visão.

Atualmente existem diversas lentes de contato especiais para ceratocone:

- Lentes de contato gelatinosas,

- Lentes de contato rígidas gás-permeáveis corneanas,

- Lentes de contato rígidas gás-permeáveis semi-esclerais,

- Lentes de contato rígidas gás-permeáveis esclerais.


TRATAMENTO CIRÚRGICO

É realizado para estabilizar a doença (CROSSLINK) ou para melhorar a irregularidade corneana e a visão (IMPLANTE DE ANEL INTRAESTROMAL).

O CROSSLINK é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo fortalecer a córnea e impedir a progressão da doença. É indicado nos casos onde há progressão comprovada do ceratocone.

O IMPLANTE DE ANEL INTRAESTROMAL é realizado para melhorar a visão do paciente em casos que o óculos não fornece boa visão, e em casos de intolerância ou má-adaptação as lentes de contato.