Doenças oculares e tratamento

CRISTALINO

 

CATARATA

A Catarata ocorre quando há a opacificação da lente natural do globo ocular (cristalino) que é responsável pela focalização da visão para longe e perto. Classificada em senil ou pré-senil, e congênita, trata-se de uma doença ocular que leva à diminuição progressiva da visão e tende a surgir em pessoas a partir dos 40 anos de idade. A evolução varia de paciente para paciente.

Os sintomas mais comuns são dificuldades para leitura, visão embaçada e maior necessidade de iluminação para enxergar com nitidez. Além da idade, as principais causas da Catarata são diabetes, traumatismos oculares, radiação, infecção nos olhos, uveítes e uso indiscriminado e sem orientação médica de colírios com corticosteroides.

O tratamento da Catarata é feito por meio de cirurgia, independente do grau de comprometimento da visão. Trata-se de um processo rápido (dura cerca de 30 minutos) e delicado. Como única alternativa para tratar a doença, durante a intervenção cirúrgica são implantadas no paciente as lentes intra-oculares (LIOs), que são cristalinos artificiais e substituem o cristalino opacificado.