BLOG

26 de novembro de 2020

Existem tratamentos para a Retinose Pigmentar?

Há algum tempo boatos sobre curas milagrosas e tratamentos têm aparecido pela internet ou redes sociais. Apesar de atraentes, é muito importante que, ao escolher tratamentos, considerar apenas aqueles baseados em pesquisas com resultados concretos e publicados, e principalmente: feitos por um especialista, médico oftalmologista. Pesquisas concretas estão sendo realizadas na Universidade Estadual de São Paulo, na linha da terapia gênica, com, até mesmo, estudos sobre a suplementação de vitamina A para diminuir a velocidade da perda de resposta das células da retina.

Em 2017, a Universidade de Oxford, na Inglaterra, publicou os resultados de testes clínicos em ratos, onde lograram reprogramar as células fotorreceptoras restantes em seus olhos para aumentar a sensibilidade à luz. Os ratinhos, meses seguintes ao tratamento, foram capazes de se localizar melhor no ambiente em que estavam e até mesmo de reconhecer objetos.

Atualmente, porém, a Retinose Pigmentar ainda não tem cura ou tratamento comprovado em humanos.