BLOG

04 de maio de 2021

CISTO DERMOIDE

O QUE É UM CISTO DERMOIDE?

            É um crescimento excessivo de tecido normal, não maligno, em um local anormal. Podem ocorrer em todo o corpo. Os que estão dentro e ao redor dos olhos são geralmente compostos por pele, cabelo e / ou gordura (Figura 1).

Figura 1: Fotografia de um cisto dermoide perilimbar.

EM QUE TECIDOS OCULARES OU PERIOCULARES ELES PODEM SER ENCONTRADOS?

            Existem dois tipos principais de dermoides que ocorrem nos olhos ou ao redor deles. O orbitário é normalmente encontrado próximos aos ossos da cavidade ocular e o epibulbar é encontrado na superfície do olho.

            Existem dois locais típicos para um cisto dermoide epibulbar. Um dos locais é na junção da córnea, a parte transparente do olho, e a esclera, a parte branca do olho, chamado de dermoide perilimbar (Figura 1). O outro é na superfície do olho, onde as pálpebras se encontram no canto temporal, que é chamado de dermolipoma (Figura 2).

Figura 2:  Fotografia de um dermolipoma.

O QUE É UM CISTO DERMOIDE ORBITÁRIO?

            O dermoide orbitário apresenta-se como uma massa sob a pele adjacente aos ossos da cavidade ocular (Figura 3). A massa é lisa, firme e não dolorosa e a pele que recobre a massa é de aparência normal. Geralmente são cistos preenchidos com um material oleoso de cor amarela.

Figura 3: Fotografia de um cisto dermoide orbitário.

OS CISTOS DERMOIDE ORBITÁRIOS PRECISAM SER REMOVIDOS?

            Raramente estes cistos podem causar perda de visão no olho afetado. Existe o risco, no entanto, de que possam se romper e causar uma reação inflamatória pela liberação de seu conteúdo. Por esse motivo, o oftalmologista pediátrico geralmente recomenda sua remoção, além de muitas vezes o aspecto estético incomodar.

COMO SÃO REMOVIDOS?

            A pele que cobre o dermoide é aberta e os tecidos circundantes são afastados até o cisto aparecer, então é cuidadosamente liberado do tecido circundante. A massa retirada é normalmente enviada a um patologista que pode confirmar a natureza da lesão.

CISTOS DERMOIDE ORBITÁRIOS CAUSAM PERDA DE VISÃO?

Normalmente não.

CISTOS DERMOIDE ORBITÁRIOS SÃO ENCONTRADOS EM ASSOCIAÇÃO COM OUTRAS DOENÇAS?

Não.

O QUE É UM DERMOIDE EPIBULBAR POSTERIOR OU DERMOLIPOMA?

            Um dermoide epibulbar posterior é tipicamente amarelo na cor e suave na consistência, moldando-se na curva do olho. A conjuntiva que a cobre pode ficar mais espessa. Ocasionalmente, há um ou mais pelos saindo da massa.

OS DERMOIDES EPIBULBARES POSTERIORES PRECISAM SER REMOVIDOS?

            Nem sempre. Se eles são pequenos e não incomodam o paciente ou a família do paciente o ideal é o acompanhamento da lesão.

COMO O DERMOIDE EPIBULBAR POSTERIOR É REMOVIDO?

            Cistos epibulbares posteriores geralmente não estão ligados ao próprio globo ocular. Eles estão ligados à conjuntiva que cobre o olho, geralmente se estendem posteriormente para dentro da cavidade ocular e não podem ser totalmente removidos. A excisão envolve retirar o dermoideda conjuntiva sobreposta e remover a parte anterior da massa. A massa excisada é normalmente enviada a um patologista que pode confirmar a identidade do tecido.

DERMOIDES EPIBULBARES POSTERIORES CAUSAM PERDA DE VISÃO?

Normalmente não.

DERMOIDES EPIBULBARES POSTERIORES ESTÃO ASSOCIADOS A OUTRAS DOENÇAS?

            Sim, às vezes eles podem ser encontrados em pessoas com síndrome de Goldenhar, síndrome do nevo sebáceo linear e lipomatose encefalocraniocutânea.

OS CISTOS DERMOIDES PERILIMBARES PRECISAM SER REMOVIDOS?

            Os cistos dermoideslímbicos podem ser removidos para melhorar a aparência do olho e diminuir uma possível irritação ocular.

COMO OS CISTOS DERMOIDES PERILIMBARES SÃO REMOVIDOS?

            São removidos em um procedimento cirúrgico no qual o cirurgião retira o dermoideda superfície da córnea e da esclera. Às vezes, o dermoidese estende para a esclera e / ou córnea e deve-se tomar cuidado para evitar a entrada no olho ao retirá-lo. Após a excisão, o local onde o dermoideficava pode ser coberto por um pedaço de córnea transplantada.

CISTOS DERMOIDES PERILIMBARES CAUSAM PERDA DE VISÃO?

            Pode ocorrer perda da visão ou ambliopia, caso o cisto leve a córnea a ter uma forma irregular, que pode causar astigmatismo importante e uma imagem borrada.

CISTOS DERMOIDES PERILIMBARES ESTÃO ASSOCIADOS A OUTRAS DOENÇAS?

Sim, às vezes eles podem ser encontrados em pessoas com síndrome de Goldenhar, síndrome do nevo sebáceo linear e lipomatose encefalocraniocutânea.

Fonte: https://aapos.org/glossary/dermoid-cyst